Quem sou eu? Para que sirvo?

Crises existenciais são comuns a todas as pessoas. Elas surgem à medida que crescemos e começamos a ter consciência de que vivemos em um planeta habitado por milhares de outros seres. Então começamos a nos fazer três perguntas: Quem somos? Por que estamos aqui? E para onde vamos? Passamos a pensar no futuro e a lidar com as incertezas.

Na tentativa de descobrir quem somos, passamos a ouvir o que as pessoas dizem de nós. E então, começam a surgir os problemas. A sociedade tende a perceber e a dar maior importância aos defeitos ao invés de valorizar as características positivas de cada um. Os apelidos pejorativos à personalidade e a aparência se tornam comum e nascem então os complexos de inferioridade.

Achar que somos o que as pessoas dizem é insanidade, ninguém além de Deus e nós mesmos, nos conhece tão bem a ponto de saber quais são todas as nossas capacidades e limitações. Algumas pessoas tentam fugir das crises de identidade fingindo ser o que não é, criam e sustentam uma imagem para exibir as pessoas e mostram apenas o que elas querem ver. Passam a viver uma farsa, este também não é o melhor caminho para superar as crises existênciais.

O complexo de inferioridade gera depressões, alienações e insucesso. Fingir ser o que não é, conduz o ser humano a equívocos a ilusão. Mais cedo ou mais tarde a máscara cai, não dá pra representar sempre. Como então superar a crises e saber quem realmente somos? A resposta é simples: Usando a criatividade. Fomos criados a imagem e semelhança de Deus, herdamos dele o dom de criar.

Para cada defeito que as pessoas apontam em nós há qualidades para superá-los, minimizá-los, ou utilizá-los de forma estratégica. É aquela velha história, use as pedras para construir castelos. Você é você, um ser único, não é o ser perfeito que a sociedade quer que seja, e nem um “zero a esquerda”. Você carrega o DNA divino é um ser racional e altamente adaptável.

Quando entendemos o que somos, reconhecemos os nossos pontos fracos e fortes logo descobrimos também o porquê de estarmos aqui, descobrimos que a nossa missão de vida é compatível com nossas qualidades e defeitos. Ao saber quem somos e o porquê de nossa existência temos condições de nos relacionarmos bem com Deus, traçar metas para o futuro e saber para onde estamos indo.

Complete name: Marco Feliciano – Vencendo as Crises Existenciais 2004
Genre: Culto, Pregação, Escola Biblica
Duration: 1h 24mn
Age: 2004

Width: 672 pixels
Height: 512 pixels
Frame rate: 25.000 Fps
Bit rate: 1164 Kbps
Display aspect ratio: 4/3
Vídeo Codec: XviD 1.2.1
Format: Avi

Bit rate Audio: 128 kb/s
Sampling rate: 48.0 KHz
Codec ID/Hint: MP3
Size: 700 MB (734.093.312 bytes)

http://www.construindoaarca.xpg.com.br///rapidsharecomv.gif
Rapidshare/Part.01 de 04 – 200 MB
Rapidshare/Part.02 de 04 – 200 MB
Rapidshare/Part.03 de 04 – 200 MB
Rapidshare/Part.04 de 04 – 100 MB

2leep.com